Ver todos as publicações de %s

Lucimar Santos Sperotto

Perdas auditivas congênitas e adquiridas na infância

Por | audição, Infância, Ouvido | Nenhum comentário

Enquanto em países desenvolvidos 60% das perdas auditivas na infância são de origem genética, no Brasil ainda lutamos contra as doenças infeciosas e condições não muito adequadas ao nascimento. Doenças conhecidas com a sigla TORCHS (Toxoplasmose, Rubéola, Citomegalovírus, Herpes Simples e SIDA/AIDS) fazem parte da investigação de um bom pré-natal e o tratamento ou prevenção adequadas podem evitar que seu filho tenha surdez ao nascimento.

Leia mais